A6095E270_5010994762070_pkg_13
Hasbro se une à Angry Birds e lança tecnologia telepods
Hasbro se une à Angry Birds e lança tecnologia telepods Por admin
facebook-iphone-app-600
Facebook usa inteligência artificial para melhorar seu ‘feed’ de notícias
Tecnologia ajuda computadores a 'pensar' como humanos. Objetivo é tornar Facebook mais interessante e relevante. Facebook usa inteligência artificial para melhorar seu ‘feed’ de notícias Por Vinicius N. Roosdale
instagram-app-2-620x433
Instagram lança mensagens privadas!
Instagram lança mensagens privadas! Por Didi Santos
(Imagem: Reprodução/Apple)
Não quer cadastrar as digitais no iPhone 5S? Use seu gato [vídeo]
Não quer cadastrar as digitais no iPhone 5S? Use seu gato [vídeo] Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Divulgação/Apple)
Surgem as primeiras falhas de segurança do iOS 7
Problemas com a possibilidade de localizar aparelhos roubados e ignorar a tela de bloqueio do celular são identificados. Surgem as primeiras falhas de segurança do iOS 7 Por Vinicius N. Roosdale
ip
iOS 7: Apple lança versão final. Saiba como instalar
Atualização está disponível para iPod Touch (5ª geração), iPhone 4/4S/5, iPad mini, iPad 2 e iPad Retina Display. Antes de instalar, é aconselhável realizar um backup dos seus dados. iOS 7: Apple lança versão final. Saiba como instalar Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Divulgação/Sony)
PS4: arquitetura x86 é mais complexa, mas tem mais opções
Embora tenha enfrentado alguma resistência por parte dos desenvolvedores de jogos, Mark Cerny resolveu apostar na x86 como a melhor escolha para o PlayStation 4. PS4: arquitetura x86 é mais complexa, mas tem mais opções Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/n4sa)
Apple põe processador 64-bit no iPhone 5S. Por que?
Componente vai garantir suporte para mais memória RAM e oferecer melhor desempenho, mas será que ele é realmente necessário? Apple põe processador 64-bit no iPhone 5S. Por que? Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/Business Insider)
iPhone 5S: leitor de digital é seguro e precisa de dedo vivo para funcionar
Apple tenta tranquilizar seus clientes de que ninguém vai roubar a imagem de digitais da memória do aparelho, nem ladrões vão cortar os dedos dos usuários. iPhone 5S: leitor de digital é seguro e precisa de dedo vivo para funcionar Por Vinicius N. Roosdale
iph
Especificações do iPhone 5S vazam e confirmam chip A7
Informações foram encontradas em material que parece ser destinado para a divulgação do novo aparelho da Apple. Especificações do iPhone 5S vazam e confirmam chip A7 Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/Android)
Google faz acordo com Nestlé e Android 4.4 se chamará KitKat
Nova versão do sistema operacional da Google levará o nome de uma das maiores marcas de chocolates do mundo. Google faz acordo com Nestlé e Android 4.4 se chamará KitKat Por Vinicius N. Roosdale
(Foto: Divulgação/Rovio)
Game ‘Angry Birds Friends’ terá versão baseada no ‘Rock in Rio’
Pássaros do jogo usarão guitarras e cenários serão palcos do festival. Jogo estará disponível para Facebook, iOS e Android em setembro. Game ‘Angry Birds Friends’ terá versão baseada no ‘Rock in Rio’ Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/Smithsonian)
Feita há 1.600, taça da Roma Antiga usa princípios de nanotecnologia
Atualmente no Museu Britânico, o Cálice de Licurgo faz uso de nanopartículas de ouro e prata para apresentar cores diferentes conforme a posição da fonte de luz. Feita há 1.600, taça da Roma Antiga usa princípios de nanotecnologia Por Vinicius N. Roosdale
hfyzwogqb36t6zqmm2c7
Como escutar músicas direto de uma pasta do Dropbox
Curta todas as melodias que você tem no serviço de armazenamento na nuvem sem precisar baixá-las. Como escutar músicas direto de uma pasta do Dropbox Por Vinicius N. Roosdale
netflix-for-windows-8-app-review-0
Governo brasileiro pretende implantar taxas para serviços de streaming
Governo brasileiro pretende implantar taxas para serviços de streaming Por Mariana Neves
(Imagem: Shutterstock)
Descubra por que vidrados em tecnologia podem ficar gordos
Você acha que ficar parado na frente do computador é o grande vilão? Descubra que os hábitos diários podem influenciar muito mais do que o sedentarismo. Descubra por que vidrados em tecnologia podem ficar gordos Por Vinicius N. Roosdale
(Fonte da imagem: Reprodução/YouTube (windowsphone))
Microsoft pisa nos calcanhares da concorrência em vídeo do Lumia 1020
Depois de frustrarem um casamento, os usuários da Apple e da Samsung caricaturizados pela Microsoft agora partem para uma peça infantil — acotovelando-se para compensar a falta de um bom zoom. Microsoft pisa nos calcanhares da concorrência em vídeo do Lumia 1020 Por Vinicius N. Roosdale
marco-feliciano1-300x262
Marco Feliciano ataca vídeo do grupo Porta dos Fundos
Deputado pediu que seus seguidores denunciassem produção que cita a imagem de Jesus Cristo. Marco Feliciano ataca vídeo do grupo Porta dos Fundos Por Vinicius N. Roosdale
Site do aplicativo 'Rastreador de Namorado' que permite acompanhar atividade de smartphone com Android. (Foto: Reprodução)
Segundo advogado, app ‘Rastreador de Namorado’ é ilegal
Aplicativo monitora SMS, chamadas e localização de smartphone Android. Uso sem consentimento fere leis de privacidade e 'lei Carolina Dieckman'. Segundo advogado, app ‘Rastreador de Namorado’ é ilegal Por Vinicius N. Roosdale
iPhone 5 foi lançado em 12 de setembro de 2012 com
tela de 4 polegadas (Foto: Laura Brentano)
Apple deve revelar novo iPhone no dia 10 de setembro, diz site
Evento especial foi confirmado por fontes ao blog AllThingsD. Lançamento do iPhone 5 ocorreu em 12 de setembro do ano passado. Apple deve revelar novo iPhone no dia 10 de setembro, diz site Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: iStock)
Curiosidade: O que acontece quando você deleta um arquivo? [vídeo]
Será que os dados são apenas exterminados do HD u eles ainda podem ser acessados depois disso? Curiosidade: O que acontece quando você deleta um arquivo? [vídeo] Por Vinicius N. Roosdale
A6095E270_5010994762070_pkg_13
Hasbro se une à Angry Birds e lança tecnologia telepods Por admin
facebook-iphone-app-600
Tecnologia ajuda computadores a 'pensar' como humanos. Objetivo é tornar Facebook mais interessante e relevante. Facebook usa inteligência artificial para melhorar seu ‘feed’ de notícias Por Vinicius N. Roosdale
instagram-app-2-620x433
Instagram lança mensagens privadas! Por Didi Santos
(Imagem: Reprodução/Apple)
Não quer cadastrar as digitais no iPhone 5S? Use seu gato [vídeo] Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Divulgação/Apple)
Problemas com a possibilidade de localizar aparelhos roubados e ignorar a tela de bloqueio do celular são identificados. Surgem as primeiras falhas de segurança do iOS 7 Por Vinicius N. Roosdale
ip
Atualização está disponível para iPod Touch (5ª geração), iPhone 4/4S/5, iPad mini, iPad 2 e iPad Retina Display. Antes de instalar, é aconselhável realizar um backup dos seus dados. iOS 7: Apple lança versão final. Saiba como instalar Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Divulgação/Sony)
Embora tenha enfrentado alguma resistência por parte dos desenvolvedores de jogos, Mark Cerny resolveu apostar na x86 como a melhor escolha para o PlayStation 4. PS4: arquitetura x86 é mais complexa, mas tem mais opções Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/n4sa)
Componente vai garantir suporte para mais memória RAM e oferecer melhor desempenho, mas será que ele é realmente necessário? Apple põe processador 64-bit no iPhone 5S. Por que? Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/Business Insider)
Apple tenta tranquilizar seus clientes de que ninguém vai roubar a imagem de digitais da memória do aparelho, nem ladrões vão cortar os dedos dos usuários. iPhone 5S: leitor de digital é seguro e precisa de dedo vivo para funcionar Por Vinicius N. Roosdale
iph
Informações foram encontradas em material que parece ser destinado para a divulgação do novo aparelho da Apple. Especificações do iPhone 5S vazam e confirmam chip A7 Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/Android)
Nova versão do sistema operacional da Google levará o nome de uma das maiores marcas de chocolates do mundo. Google faz acordo com Nestlé e Android 4.4 se chamará KitKat Por Vinicius N. Roosdale
(Foto: Divulgação/Rovio)
Pássaros do jogo usarão guitarras e cenários serão palcos do festival. Jogo estará disponível para Facebook, iOS e Android em setembro. Game ‘Angry Birds Friends’ terá versão baseada no ‘Rock in Rio’ Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/Smithsonian)
Atualmente no Museu Britânico, o Cálice de Licurgo faz uso de nanopartículas de ouro e prata para apresentar cores diferentes conforme a posição da fonte de luz. Feita há 1.600, taça da Roma Antiga usa princípios de nanotecnologia Por Vinicius N. Roosdale
hfyzwogqb36t6zqmm2c7
Curta todas as melodias que você tem no serviço de armazenamento na nuvem sem precisar baixá-las. Como escutar músicas direto de uma pasta do Dropbox Por Vinicius N. Roosdale
netflix-for-windows-8-app-review-0
Governo brasileiro pretende implantar taxas para serviços de streaming Por Mariana Neves
(Imagem: Shutterstock)
Você acha que ficar parado na frente do computador é o grande vilão? Descubra que os hábitos diários podem influenciar muito mais do que o sedentarismo. Descubra por que vidrados em tecnologia podem ficar gordos Por Vinicius N. Roosdale
(Fonte da imagem: Reprodução/YouTube (windowsphone))
Depois de frustrarem um casamento, os usuários da Apple e da Samsung caricaturizados pela Microsoft agora partem para uma peça infantil — acotovelando-se para compensar a falta de um bom zoom. Microsoft pisa nos calcanhares da concorrência em vídeo do Lumia 1020 Por Vinicius N. Roosdale
marco-feliciano1-300x262
Deputado pediu que seus seguidores denunciassem produção que cita a imagem de Jesus Cristo. Marco Feliciano ataca vídeo do grupo Porta dos Fundos Por Vinicius N. Roosdale
Site do aplicativo 'Rastreador de Namorado' que permite acompanhar atividade de smartphone com Android. (Foto: Reprodução)
Aplicativo monitora SMS, chamadas e localização de smartphone Android. Uso sem consentimento fere leis de privacidade e 'lei Carolina Dieckman'. Segundo advogado, app ‘Rastreador de Namorado’ é ilegal Por Vinicius N. Roosdale
iPhone 5 foi lançado em 12 de setembro de 2012 com
tela de 4 polegadas (Foto: Laura Brentano)
Evento especial foi confirmado por fontes ao blog AllThingsD. Lançamento do iPhone 5 ocorreu em 12 de setembro do ano passado. Apple deve revelar novo iPhone no dia 10 de setembro, diz site Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: iStock)
Será que os dados são apenas exterminados do HD u eles ainda podem ser acessados depois disso? Curiosidade: O que acontece quando você deleta um arquivo? [vídeo] Por Vinicius N. Roosdale
Hasbro se une à Angry Birds e lança tecnologia telepods Por admin

image002

 

A Hasbro traz o sucesso do jogo virtual Angry Birds para a vida real. Agora, os famosos passarinhos e porquinhos ganharam vida, saíram das telas e se tornaram brinquedos de verdade. São duas novas linhas de produto: Angry Birds Go! e Angry Birds Star Wars.

Em Angry Birds Go!, os personagens vêm com seus carrinhos e estão prontos para disputar uma corrida de velocidade. Já no Angry Birds Star Wars, as figuras são inspiradas nos últimos filmes da saga e estão divididos entre os personagens “do bem” e a gananciosa Federação dos Porcos.

A60940000_653569907145_main_13

No jogo real, as crianças montarão cenários inspirados no famoso jogo Angry Birds. Em Angry Birds Star Wars II, a brincadeira consiste em lançar os pássaros, utilizando a catapulta, para destruir os cenários habitados por porcos. Em Angry Birds Go!, o objetivo é ser o mais
rápido das corridas.

Telepods

Os brinquedos Angry Birds da Hasbro permitem uma dupla diversão: além da brincadeira no mundo real, as figuras podem ser teletransportadas para o jogo virtual. Funciona assim: todas as figuras do brinquedo possuem um mini QR code que, ao ser colocado sobre a câmera de um tablet ou smartphone, teletransporta automaticamente a figura para o seu aplicativo relacionado: Angry Birds Go! ou Angry Birds Star Wars II.

Além de poder jogar com sua figura no mundo virtual, a criança poderá liberar conteúdos exclusivos. A brincadeira está disponível para os sistemas Android e iOS. Os preços variam de R$ 49,99 a R$249,99.

Nenhum comentário
Tecnologia ajuda computadores a 'pensar' como humanos. Objetivo é tornar Facebook mais interessante e relevante. Facebook usa inteligência artificial para melhorar seu ‘feed’ de notícias Por Vinicius N. Roosdale

facebook-iphone-app-600

O Facebook está trabalhando para transformar o usuário em seu melhor amigo e tentar conhecê-lo melhor usando programas baseados em inteligência artificial.

A empresa com sede na Califórnia, nos Estados Unidos contratou o professor Yann LeCun, da Universidade de Nova York (NYU), para chefiar um laboratório de inteligência artificial destinado a usar a última palavra na ciência para tornar o Facebook mais interessante e relevante.

Atualmente, o “feed” de notícias do Facebook pode parecer uma confusão aleatória de mensagens, mas LeCun argumenta que o serviço “pode ser melhorado com sistemas inteligentes”.

“Isso poderia incluir coisas como classificar (as mensagens) no “feed” de notícias ou determinar os anúncios que são exibidos aos usuários para que sejam mais pertinentes”, afirmou LeCun à AFP depois de sua nomeação em 9 de dezembro.

O professor também apontou outras possibilidades inovadoras pensando nos usuários, “como analisar conteúdos, entender a linguagem natural e ser capaz de modelar novos usuários (…) para permitir que aprendam coisas novas, entretê-los e ajudá-los a conseguir seus objetivos”.

O Facebook é a maior rede social do mundo, mas enfrenta o desafio de sustentar seu crescimento e manter a participação dos usuários enquanto atrai publicidade suficiente para gerar aumento de ganhos sem perder adeptos.

Embora tenha se recusado a especificar detalhes, LeCun afirma que o novo laboratório de inteligência artificial será a maior instalação de pesquisas desse tipo do mundo.

“O único limite que temos é quanta gente inteligente há no mundo que podemos contratar”, disse o matemático e cientista da computação.

O laboratório terá instalações em três cidades – Nova York, Londres e Menlo Park, quartel-general do Facebook na Califórnia – e fará parte da ampla comunidade de pesquisas de inteligência artificial, segundo LeCun. Ele começará seu novo trabalho em janeiro de 2014, mas continuará na Universidade de Nova York.

O movimento do Facebook segue a incursão do Google na inteligência artificial e sua notável aquisição, neste ano, da DNNresearch, uma empresa inovadora criada pelo professor da Universidade de Toronto Geoffrey Hinton e dois de seus alunos. Eles desenvolveram uma tecnologia que replica modelos computadorizados de algumas funções do cérebro, como o reconhecimento de discurso e repetição de padrões.

Fazendo os computadores “pensarem”
A inteligência artificial pode ajudar os computadores a “pensar” de forma similar aos humanos e auxiliar na solução de problemas. Um dos exemplos mais famosos é o computador da IBM “Watson”, que venceu os participantes do programa de televisão de perguntas e respostas “Jeopardy”.

LeCun é conhecido por ter criado uma primeira versão de um algoritmo de reconhecimento de padrões que imita parte do córtex visual dos cérebros dos animais e dos humanos.

Suas pesquisas recentes incluem a aplicação de métodos de “aprendizado profundo” para entender uma cena visual exibida por veículos sem motorista, pequenos robôs voadores e também em sistemas de reconhecimento de voz.

James Hendler, que chefia o Instituto Rensselaer para a Exploração de Dados e Aplicativos, afirmou que o Facebook já usa alguns algoritmos de inteligência artificial para seu “gráfico de rede social”, mas a aplicação disso em fotos, vídeos e outros dados multimídia requer um impulso.

“Espero que a curto prazo se concentrem principalmente em melhorar os algoritmos existentes, por exemplo, em uma seleção melhor do que se mostra no ‘feed’ de notícias do usuário”, disse Hendler. “Deveríamos ver muito mais capacidades, como a busca de fotos de temas nos quais possamos estar interessados”, destacou.

“Tem havido muita especulação sobre o abandono do Facebook pelos usuários porque eles não estariam contentes com o ‘feed’ de notícias, que não os deixa ver muitas coisas que gostariam de ver de seus amigos”, disse.

ViniciusN-300x117

Nenhum comentário
Instagram lança mensagens privadas! Por Didi Santos

instagram

Atualizado ontem quinta-feira (12), o aplicativo agora conta com uma função de mensagens privadas, no mesmo estilo que funcionam as DMs do Twitter. Você pode enviar uma foto e escolher quais amigos podem ver e comentar, criando assim um chat.

instagram-atualizacao

Eu particularmente achei a função totalmente desnecessária, a intenção da equipe com certeza é deixa o app mais interativo entre os usuários, porém acho que ficaríamos mais felizes com novos filtros, ou com a possibilidade de personalizar a cor do app né ?! =]

Didi Clips

Nenhum comentário
Não quer cadastrar as digitais no iPhone 5S? Use seu gato [vídeo] Por Vinicius N. Roosdale

Talvez a maior novidade do iPhone 5S seja a possibilidade de usar o sensor biométrico do aparelho para destravar a tela do smartphone, algo mais seguro do que apenas definir uma senha. Mas muita gente está com receio de entregar as impressões digitais para a Apple, mesmo que ela jure não armazenar e utilizar esses dados.

O site Techcrunch encontrou uma maneira criativa e diferente para liberar o aparelho sem precisar das suas informações: o clipe acima prova que é possível desbloquear a tela usando a pata de um gato. Claro que não deve ser fácil carregar o bichano por aí para “usá-lo” a cada vez que você for usar o smartphone: o procedimento foi apenas um teste do sensor do iPhone 5S.

Entre outras conclusões, foi possível determinar que diferentes segmentos da pele podem servir para desbloquear o sensor, como o pulso e até a palma da mão.

ViniciusN

Nenhum comentário
Problemas com a possibilidade de localizar aparelhos roubados e ignorar a tela de bloqueio do celular são identificados. Surgem as primeiras falhas de segurança do iOS 7 Por Vinicius N. Roosdale

ip

Com o lançamento oficial e em grande escala do iOS 7, era de se esperar que possíveis bugs e falhas de segurança fossem encontrados em pouco tempo. Pouco mais de 24 horas após a liberação da atualização e começaram a aparecer os primeiros relatos de problemas com o sistema operacional da Apple.

O usuário Jose Rodriguez mostrou no seu canal do YouTube uma forma simples de ignorar completamente a tela de bloqueio do iOS 7, conseguindo controle do aparelho e de suas imagens, podendo compartilhá-las da maneira que você quiser.

  • Para fazer isso, ele seguiu os seguintes passos:
  • Passe o dedo na tela bloqueada para acessar o painel de controle;
  • Abra o aplicativo de cronômetro;
  • Vá até o alarme;
  • Segure o botão para desligar até receber o aviso para apagar o telefone;
  • Aperte o botão para cancelar a ação e, em seguida, pressione duas vezes o botão Home, segurando um pouco na segunda vez. Pronto.

Para ver a falha em ação, clique aqui.

Impedindo que o seu aparelho seja encontrado

A função Find my iPhone/iPad é uma das facilidades do iOS que sempre ajudaram aqueles que perderam os seus aparelhos ou foram roubados. Com a nova versão do sistema operacional, foi possível encontrar uma brecha que desativa completamente a localização do iGadget.

Utilizando a Siri ou passando o dedo na tela bloqueada, é possível colocar o aparelho em modo Avião, que corta todos os tipos de conexão de dados que ele possa ter. Dessa forma, o iPhone ou iPad não envia o sinal que o Find my iPhone/iPad precisa para mostrar a localização do mesmo.

Até o momento, a Apple não se pronunciou sobre os problemas, que deverão ser resolvidos em uma nova atualização do sistema operacional.

ViniciusN

 

Nenhum comentário
Atualização está disponível para iPod Touch (5ª geração), iPhone 4/4S/5, iPad mini, iPad 2 e iPad Retina Display. Antes de instalar, é aconselhável realizar um backup dos seus dados. iOS 7: Apple lança versão final. Saiba como instalar Por Vinicius N. Roosdale

O download foi disponibilizado às 14 horas de hoje (18). É possível encontrá-lo pelo menu de Ajustes do aparelho, na guia Geral. Após acessar esta tela, selecione a opção Atualização de Software e aguarde até que o aparelho reconheça a transferência.

Promessa feita, promessa cumprida. Conforme a Maçã havia anunciado, a versão final do iOS 7 já se encontra disponível para download, embora apenas para uma lista razoavelmente restrita de aparelhos.

Dessa forma, antes de sair à cata do novo SO, confira se o seu aparelho se encontra na seguinte lista: iPhone 4, iPhone 4S, iPhone 5, iPod Touch de 5ª geração, iPad 2, iPad 3, iPad 4 e iPad mini — lembrando que os iPhones 5C e 5S sairão de fábrica com o iOS 7.

Entretanto, considerando-se o histórico de atualizações de sistema operacional da Apple, é bom pensar duas vezes antes de colocar o novo programa para rodar no seu aparelho relativamente antigo. De fato, não parece impossível que um iPhone 4 ou um iPad 2 apresentem alguma “dificuldade” para rodar o software.

Conselho: faça um backup

Não se trata de uma tentativa de agourar a sua atualização, é claro. Até porque, as atualizações de SO da Apple dificilmente dão problema. Entretanto, antes de realizar o processo, não custa nada fazer um backup dos conteúdos do seu aparelho. É possível realizá-lo de duas formas:

  • iCloud: no menu de configurações, vá às opções do iCloud e selecione “Storage & Backup”. Em seguida, ative a caixa “iCloud Backup” (caso esteja desligada), toque em “Back Up Now” e aguarde. Com o processo, uma cópia dos seus dados fica armazenada na nuvem para que sejam resgatados se for necessário. Certifique-se de que você possui uma conexão WiFi estável; e
  • iTunes: Conecte o dispositivo no computador com iTunes instalado e tenha certeza de que sua conta está autorizada no aplicativo (veja como fazer isso aqui). Caso a janela de reprodução automática se abra, será possível importar fotos e vídeos por ali mesmo. Agora abra o aplicativo. Na aba “Summary”, desça até o item “Backups” e selecione a opção “Backup Now”. O armazenamento é feito para o iCloud ou na própria máquina e pode ser bastante rápido.

Basta seguir com a instalação

267050301894721

Após seguir o refrão que diz que “um homem prevenido vale por dois”, basta então seguir com a instalação do iOS 7. Igualmente, há duas formas de concluir o processo:

  • Instalação direta: o iOS 7 é baixado diretamente no seu aparelho. Basta seguir por “Ajustes”, “Geral” e “Atualização de software”. Por fim, basta concordar com os termos e aguardar o término do processo; e
  • Instalação pelo iTunes: será necessário conectar o seu aparelho ao PC. Em seguida, siga por “Resumo” e “Buscar Atualização”. Basta então aceitar os termos e aguardar o término do processo.

ViniciusN

 

Nenhum comentário
Embora tenha enfrentado alguma resistência por parte dos desenvolvedores de jogos, Mark Cerny resolveu apostar na x86 como a melhor escolha para o PlayStation 4. PS4: arquitetura x86 é mais complexa, mas tem mais opções Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Divulgação/Sony)

(Imagem: Divulgação/Sony)

Mark Cerny tem trabalhado em um possível sucessor para o PlayStation 3 desde 2007. Na ocasião, o engenheiro começou a pesquisar sobre as possibilidades da arquitetura de processadores x86 para consoles de jogos. “Eu tentava descobrir se [o chip x86] seria também uma opção”, disse Cerny em entrevista à Revista Oficial do PlayStation.

“Se a única opção fosse o PowerPC, isso seria muito restritivo em termos de fornecimento de hardware”, acrescentou. “Se você também puder usar a x86, é possível entrar em contato com qualquer um por aí que trabalhe com tecnologia.” Entretanto, o desenvolvedor reconhece que a relativa complexidade da arquitetura gerou preocupações entre os desenvolvedores first party do novo console.

Convencendo os desenvolvedores de jogos

(Imagem: Divulgação/AMD)

(Imagem: Divulgação/AMD)

“Nós organizamos 15 apresentações separadas”, disse Cerny. “Começamos de manhã e fomos até metade da tarde na tentativa de mostrar que o momento era oportuno. Nós sabíamos que seria necessário mostrar que a nossa preocupação e o nosso comprometimento eram tão elevados quanto os da equipe de desenvolvimento.”

De fato, o engenheiro afirma que algumas pessoas ficaram paradas por cinco horas no trânsito e, ao chegar ao local, a apresentação da nova proposta x86 ainda se desenrolava. Bem, ao que parece, todos foram convencidos. Resta saber agora qual será exatamente o impacto disso para o desenvolvimento de jogos no PS4 — lembrando que o PlayStation 3 tem um histórico um tanto quanto conturbado no que se refere à complexidade ao criar jogos.

O PlayStation 4 deve chegar às prateleiras no dia 15 de novembro.

ViniciusN

Nenhum comentário
Componente vai garantir suporte para mais memória RAM e oferecer melhor desempenho, mas será que ele é realmente necessário? Apple põe processador 64-bit no iPhone 5S. Por que? Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/n4sa)

(Imagem: Reprodução/n4sa)

Na semana passada, o iPhone 5S foi revelado e, para a surpresa de todos, a Apple anunciou que este é o primeiro smartphone do mundo a usar um processador 64-bit.

Depois dessa grande revelação, uma série de comentários apareceu na web sugerindo que o novo Apple A7 se tratava de uma jogada de marketing para o produto vender mais.

Bom, de fato, adicionar recursos ao hardware do aparelho é uma boa forma de convencer o público de que o novo gadget tem algo a mais a oferecer e, assim sendo, podemos dizer que o novo processador serve para fazer uma boa propaganda.

Contudo, a dúvida que permanece é: por que a Apple colocou um processador 64-bit no iPhone 5S? E mais: isso realmente vai fazer diferença? Hoje, vamos falar um pouco sobre essa mudança no hardware do aparelho e qual o real impacto para o usuário.

Quebrando barreiras e limites

Primeiro, vamos falar sobre processadores 64-bit. Eles já existem há um bom tempo nos computadores e foram criados para garantir ao sistema operacional a capacidade de operar com mais do que 4 GB de memória RAM.

(Imagem: Reprodução/Apple)

(Imagem: Reprodução/Apple)

Além disso, esses chips têm como objetivo melhorar o desempenho e reduzir os tempos de processamento. As melhorias mais notáveis devem acontecer em apps de processamento de imagem e em alguns jogos, os quais poderão ter gráficos melhores e mundos ainda maiores.

No caso do iPhone 5S, o processador de 64-bit veio para garantir essas mesmas características. Claro, como você deve presumir, esse chip necessita de um sistema compatível. Como a Apple desenvolve o hardware e o software de seus produtos, o iOS 7 já tem esse recurso nativo (o Kernel e as bibliotecas foram modificados) e deve mostrar vantagens na usabilidade.

De acordo com a informação que a empresa deu durante o evento de anúncio do iPhone, os principais apps já contam com versões 64 bits e a plataforma para desenvolvimento de novos softwares possui diversas facilidades para ajudar o desenvolvedor a adotar a novidade rapidamente.

Vale notar que, assim como os sistemas de computador, o novo iOS também pode trabalhar com apps de 32 bits, o que garante compatibilidade com todos os atuais programas e jogos. A ideia é manter tudo desse jeito, para que o consumidor continue desfrutando de seus apps favoritos e, aos poucos, comece a usar novos programas de 64 bits.

(Imagem: Reprodução/Apple)

(Imagem: Reprodução/Apple)

No fundo, a grande ideia por trás desse movimento é possibilitar a futura convergência dos dispositivos “desktop” para os “móveis”. Sim, com a constante melhoria de software e hardware do iPhone e do iPad, a Apple pode, no futuro, ter tablets e celulares capazes de substituir quase completamente os computadores comuns.

Mudança para longo prazo

É bom esclarecer que, em termos de desempenho geral, essa novidade é interessante para o consumidor, o qual poderá desfrutar de um aparelho mais sólido e pronto para todas as atividades. Contudo, vale notar que nem todos os benefícios serão notados (ou aplicados) de imediato.

Primeiro, devemos ressaltar que não existe nenhum smartphone dotado de 4 GB de RAM e que a Apple dificilmente vai equipar o iPhone 5S ou o sucessor do aparelho com tanta memória. Além disso, considerando os apps mais comuns, que são muito leves, a arquitetura de 64 bits não vai prover melhorias significativas em um primeiro momento.

(Imagem: Reprodução/Apple)

(Imagem: Reprodução/Apple)

 

Assim, podemos aguardar que a verdadeira revolução prometida pela Maçã só vai acontecer dentro de alguns anos. A Apple já está ciente disso tudo e sabe também que a alteração no processador do iPhone 5S não vai garantir a migração de todos os apps.

Talvez não seja a melhor ideia

Se você usa um sistema 64 bits em seu computador, pode ser que você já tenha visto que muitos dos softwares executados continuam sendo programados em 32 bits. Mesmo o Windows, que já tem longa experiência e facilidades com a arquitetura, não teve uma migração bem-sucedida de seus aplicativos.

No iOS 7 (e nas versões futuras), pode acontecer exatamente a mesma coisa. A Apple terá de manter sempre o modo de compatibilidade para que apps antigos e alguns softwares de 32 bits continuem funcionando perfeitamente. Para o consumidor, o funcionamento de softwares antigos é interessante, mas o sistema pode sofrer com problemas de desempenho.

De acordo com o que Patrick Moorhead, presidente e analista da Moor Insights and Strategy, disse ao site The Verge ”não há pontos positivos ou negativos que o 64 bits traga ao cenário”, fora a habilidade de trabalhar com mais de 4 GB de memória RAM. Assim, pode ser que a real vantagem só exista no futuro ecossistema da Apple.

E a concorrência?

Ainda que seja um grande marco na história dos processadores para gadgets portáteis, o desenvolvimento de um processador 64-bit não é uma exclusividade da Apple. Sim, ela foi a primeira a mostrar publicamente e será a primeira com um smartphone desse tipo, mas as concorrentes já estão desenvolvendo arquiteturas semelhantes para seus aparelhos.

(Imagem: Divulgação/Samsung)

(Imagem: Divulgação/Samsung)

A Samsung, por exemplo, um dia após o evento da Apple publicou uma notícia dizendo que seu próximo smartphone também terá um chip com tal capacidade de processamento. Em parceria com a ARM, outras fabricantes — como Acer, Lenovo e demais — também seguirão o mesmo caminho.

Claro, essas empresas ficam na dependência da Google para que o Android ganhe compatibilidade com os novos componentes de hardware, mas, de acordo com os boatos mais recentes, o robozinho deve pular para os 64 bits em sua versão 5.0. Aguardemos para ver.

Enfim, o novo processador da Apple, por ora, pode realmente ser apenas uma jogada de marketing, visto que, de acordo com analistas, ele não vai oferecer melhorias significativas. De qualquer forma, a empresa merece mérito por sair na frente e oferecer novas tecnologias ao consumidor. Vamos esperar para ver como esta CPU se sai na prática!

ViniciusN

 

Nenhum comentário
Apple tenta tranquilizar seus clientes de que ninguém vai roubar a imagem de digitais da memória do aparelho, nem ladrões vão cortar os dedos dos usuários. iPhone 5S: leitor de digital é seguro e precisa de dedo vivo para funcionar Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/CSMonitor)

(Imagem: Reprodução/CSMonitor)

Uma semana após o lançamento do iPhone 5S e a confirmação do leitor de digitais no aparelho, a Apple se viu obrigada a esclarecer quais são os protocolos de segurança do dispositivo, como forma de tranquilizar seus clientes sobre o uso dessa ferramenta.

Uma das preocupações mais comuns entre os usuários é que a digital armazenada na memória do iPhone poderia ser roubada e hackeada, seja por agentes governamentais ou por criminosos, com diferentes fins e objetivos.

Em tempos de vigilância e espionagem, é possível compreender essa preocupação. Afinal, será que o governo americano não poderia usar a plataforma para conseguir informações sobre os hábitos dos cidadãos, ainda mais tendo certeza sobre quem utiliza o aparelho?

(Imagem: Reprodução/iFixYourI)

(Imagem: Reprodução/iFixYourI)

A Apple afirma, no entanto, que o leitor não armazena imagens da digital, e sim dados criptografados que jamais poderiam ser roubados, seja vasculhando a memória do aparelho ou pelo uso de um app de terceiros.

Dedos cortados

A outra questão abordada responde a um medo de que o novo dispositivo de segurança do aparelho poderia levar a saques ainda mais violentos por ladrões – que, para fazer o iPhone 5S funcionar, cortariam fora o dedo dos usuários.

Esse medo alude a um caso de roubo de carro anos atrás, em que ladrões cortaram o dedo do dono de uma Mercedes, na Malásia, para fazer o veículo funcionar.

A Apple garante, porém, que o Touch ID só reconhece dedos vivos. O sensor utiliza sinais de rádio que detectam as camadas subepidérmicas da pele, o que significa que é necessário que o dedo esteja vivo e conectado ao corpo do usuário.

(Imagem: Reprodução/Business Insider)

(Imagem: Reprodução/Business Insider)

“Ninguém nesse ramo quer saber de dedos cortados e corpos mortos, mas ainda temos que tirar o medo dos consumidores e fazê-los entender que um dedo cortado não vai funcionar no aparelho”, diz um especialista da Validity Sensors, empresa que fabrica leitores de digitais.

Será que essas explicações vão dar aos consumidores mais confiança para utilizar o novo iPhone? É possível acreditar na palavra da empresa sobre a criptografia dos dados? E o medo de ter os dedos cortados, é amenizado? Ou você teme que ladrões cortem seu polegar mesmo assim, na ignorância sobre a segurança dessa tecnologia?

ViniciusN

 

Nenhum comentário
Informações foram encontradas em material que parece ser destinado para a divulgação do novo aparelho da Apple. Especificações do iPhone 5S vazam e confirmam chip A7 Por Vinicius N. Roosdale
iph

(Imagem: Reprodução/Ctechcn)

Nesta terça-feira (09), a Apple deve realizar um evento para anunciar o lançamento dos seus novos modelos de iPhone, além de outros planos e novidades da companhia. Por conta disso, muitos rumores foram divulgados, principalmente em relação ao novo design do smartphone “regular” da Maçã, o iPhone 5S — as apostas eram a de que o novo aparelho deveria ser reformulado, assim como aconteceu com seu sistema operacional.

 

Mesmo estando a apenas um dia do comunicado oficial da Apple, novas informações continuam vazando. A novidade da vez é um material que parece ser publicitário e que conta com uma comparação feita entre o iPhone 5S e os modelos anteriores da Maçã. Se os rumores se confirmarem, a companhia realmente vai utilizar o novo processador A7, que promete um desempenho bem melhor do que o do seu antecessor.

 

Mudanças interessantes…

 

De acordo com as especificações divulgadas pelo site Ctechcn, o novo modelo do iPhone também vai contar com um botão Home sem o famoso “quadradinho”, flash de LED, câmera traseira de 8 megapixels e que suporta gravações de vídeo de 1080p, com 120 frames por segundo — enquanto isso, a câmera frontal tem 1,2 megapixel e a bateria da novidade deve durar incríveis 250 horas em repouso.

 

Outro ponto importante é o fato de que o vazamento confirma a presença de um scanner de digitais, mas não há maiores informações sobre o novo recurso. Não há dados concretos sobre a disponibilidade de cores e outros detalhes de mercado, como preço e data prevista para início das vendas, de maneira que somos obrigados a aguardar o comunicado oficial que vai ser feito nesta terça-feira.

 

Prováveis especificações

 

  • Sistema iOS 7;
  • Processador A7;
  • Câmera traseira de 8 MP;
  • Gravação de vídeo em 1080p com até 120 fps;
  • Câmera frontal de 1,2 MP;
  • Scanner de digitais;
  • Bateria que dura 250 horas em repouso.

ViniciusN

 

Nenhum comentário
Nova versão do sistema operacional da Google levará o nome de uma das maiores marcas de chocolates do mundo. Google faz acordo com Nestlé e Android 4.4 se chamará KitKat Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/Android)

(Imagem: Reprodução/Android)

Desde que o Android foi lançado, as versões dele são colocadas no mercado com nomes de doces — o que facilita bastante a diferenciação. Isso aconteceu com o 1.5 Cupcake, 1.6 Donut, 2.0 Eclair, 2.2 Froyo, 2.3 Gingerbread, 3.0 Honeycomb, 4.0 Ice Cream Sandwich e 4.1 Jelly Bean. Agora, a história vai se repetir na versão 4.4 do sistema operacional portátil da Google, que chegará ao mercado sob a nomenclatura de KitKat.

Isso mesmo: em uma parceria entre a Google e a Nestlé, o próximo Android será o “Android 4.4 KitKat”. Ainda não há informações sobre os recursos que estarão disponíveis na nova versão do sistema operacional e também não há qualquer especulação sobre uma possível data de lançamento.

O que temos é apenas a logo do sistema, que mostra vários tabletes do chocolate mundialmente famoso. Os desenvolvedores do Android lançaram uma página bem interessante que mostra a história dos nomes das versões do sistema operacional e você pode ter acesso a ela por este link. Vale dizer que, aparentemente, o acordo não envolveu dinheiro e é apenas uma parceria.

Já está no jardim da Google

Para quem achou que isso era brincadeira, aí vai mais uma imagem que comprova a história. Sundar Pichai (vice-presidente Sênior da Google) compartilhou uma foto em seu perfil no Google+, mostrando a estátua do Android KitKat no jardim da empresa de Mountain View. Confira logo abaixo:

(Imagem: Reprodução/Sundar Pichai (Google+))

(Imagem: Reprodução/Sundar Pichai (Google+))

ViniciusN

Nenhum comentário
Pássaros do jogo usarão guitarras e cenários serão palcos do festival. Jogo estará disponível para Facebook, iOS e Android em setembro. Game ‘Angry Birds Friends’ terá versão baseada no ‘Rock in Rio’ Por Vinicius N. Roosdale
(Foto: Divulgação/Rovio)

(Foto: Divulgação/Rovio)

O game social “Angry Birds Friends” terá uma versão baseada no Rock in Rio, anunciou a desenvolvedora Rovio nesta segunda-feira (2). Entre os dias 9 e 22 de setembro, as fases e os personagens do jogo serão personalizados com elementos do festival de música.

De acordo com Raul Azevedo, diretor comercial do Rock in Rio, os pássaros e porcos usarão instrumentos, “como rockeiros”, e os cenários do jogo serão os palcos do festival. “No Brasil, 35% das pessoas compram smartphones por causa dos games. E essa é uma forma divertida de se aproximar desse público”, relata.

No entanto, o jogo não terá novos tipos de pássaros ou inimigos. Nenhum artista do festival terá destaque dentro da versão Rock in Rio de “Angry Birds Friends”.

“Essa é uma parceria nova para nós e pretendemos continuar fazendo isso”, diz Michele Tobin, da Rovio. “Haverá um torneio especial de Rock in Rio e novos níveis para esse campeonato. Queremos tornar o game acessível para o máximo de fãs possível”.

“Angry Birds Friends” versão Rock in Rio estará disponível para Facebook e dispositivos com sistema iOS e Android. O game é gratuito e consiste de disputas entre amigos na rede social: o jogador que fizer mais pontos nas fases vence o torneio.

ViniciusN

 

Nenhum comentário
Atualmente no Museu Britânico, o Cálice de Licurgo faz uso de nanopartículas de ouro e prata para apresentar cores diferentes conforme a posição da fonte de luz. Feita há 1.600, taça da Roma Antiga usa princípios de nanotecnologia Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/Smithsonian)

(Imagem: Reprodução/Smithsonian)

Feita na época da Roma Antiga, o Cálice de Licurgo é uma taça de vidro de mais de 1.600 anos que tem uma característica curiosa: quando iluminado pela frente, apresenta uma cor verde, mas, quando a luz vem de trás, sua coloração muda para vermelho sangue. Segundo reportagem da revista Smithsonian, pesquisadores britânicos descobriram que o efeito é causado por uma técnica de nanotecnologia, que agora pode render avanços para a Medicina.

Em 1990, análises com microscópio de pequenos fragmentos quebrados do objeto revelaram que o vidro foi misturado a partículas de ouro e de prata com 50 nanômetros de diâmetro. Com essa medida, seriam necessárias mil delas para atingir o tamanho de um grão de sal de cozinha, o que faz com que os romanos antigos passem a ser considerados os pioneiros da nanotecnologia.

Quando a luz bate no vidro, os elétrons dos metais misturados vibram de uma forma que altera a cor dependendo da posição do observador. A partir do estudo, os pesquisadores imaginaram que a presença de líquidos no cálice alteraria ainda mais a interação dos elétrons e, portanto, a cor da taça.

Promessas do passado

Como não era possível fazer testes utilizando a relíquia histórica, os cientistas fizeram pequenos furos em pequenas plataformas de plástico e acrescentaram as partículas de ouro e prata nesses espaços. Quando os buracos foram preenchidos com líquidos diferentes, as cores mudavam – vermelho para óleo e verde claro para água, por exemplo.

O protótipo mostrou-se 100 vezes mais sensível para variações no nível de sal nas soluções testadas do que os sensores comerciais atuais que utilizam técnicas similares. Atualmente, alguns tipos de testes de gravidez são exemplos de usos de fenômenos de mudança de cor baseados em nanotecnologia.

No futuro, a tecnologia pode ser adaptada para a criação de dispositivos móveis capazes de detectar patógenos em amostras de saliva ou urina, ou ainda para impedir que terroristas entrem em aviões carregando líquidos perigosos, entre outras coisas.

O mito

O Cálice de Licurgo original, datado do século 4, mostra o rei que dá nome à taça preso em um emaranhado de videiras por conta de presumidos atos ofensivos contra Dionísio, o deus do vinho. A peça foi adquirida na década de 1950 pelo Museu Britânico, onde permanece em exposição.

ViniciusN

 

Nenhum comentário
Curta todas as melodias que você tem no serviço de armazenamento na nuvem sem precisar baixá-las. Como escutar músicas direto de uma pasta do Dropbox Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Reprodução/DropTunes)

(Imagem: Reprodução/DropTunes)

Com a facilidade de armazenamento de arquivos na nuvem, é comum que seus usuários guardem arquivos de música nesse tipo de serviços, como o Dropbox. Só que se você tiver vontade de escutar uma dessas músicas, terá que acessar sua conta, baixar tudo no computador e só então curtir a melodia.

Com o DropTunes, você pode ouvir tudo via streaming, sem precisar baixar arquivo algum. Para fazer isso, você precisa acessar o site do DropTunes, o que pode ser feito clicando aqui, e selecionar o Web App.

Depois disso, o site solicitará acesso à sua conta do Dropbox. Inclua seu email e senha do serviço e aceite a conexão.

1626930172819032

(Imagem: Reprodução/Tecmundo)

Logo em seguida, você verá a seguinte tela:

888888888888811

Aqui, você escolhe a pasta em que suas músicas estão armazenadas, selecionar qual você quer ouvir e apertar o play. O DropTunes também pode ser utilizado em iPhones, mediante o download do aplicativo do serviço no aparelho.

ViniciusN

Nenhum comentário
Governo brasileiro pretende implantar taxas para serviços de streaming Por Mariana Neves

netflix-for-windows-8-app-review-0

 

Hoje em dia, existem milhares de usuários que utilizam os serviços de Streaming ( transmissão de conteúdos como: Filmes, seriados, etc) pela internet. Para utilizar este serviço, o contratante deve pagar uma pequena mensalidade para o Netflix, Google, Apple ou outras companhias.

Mas o governo federal pretende mudar isso o mais rápido possível. Segundo o comunicado,  João Rezende e Manoel Rangel — dirigentes da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e da Ancine (Agência Nacional de Cinema) irão se reunir na sexta-feira (30) para discutir como será cobrada os impostos em cima das empresas que prestam os serviços streaming.

Entenda o por que será cobrado os impostos

Grande parte dessas empresas que prestam esses serviços atuam em solo brasileiro, mas pagam seus impostos para as suas sedes que se localizam em outros países.

Segundo Rezende, isso gera uma competição injusta com as empresas de televisão por assinatura, já que o trabalho delas acaba custando mais caro.
O Ministério das comunicações afirma que eles pretendem apenas enquadrar esses serviços de transmissão de acordo com as leis já previstas, resultando em um aumento regular.

 

Nenhum comentário
Você acha que ficar parado na frente do computador é o grande vilão? Descubra que os hábitos diários podem influenciar muito mais do que o sedentarismo. Descubra por que vidrados em tecnologia podem ficar gordos Por Vinicius N. Roosdale
(Imagem: Shutterstock)

(Imagem: Shutterstock)

É meio óbvio pensar que o sedentarismo causado pela tecnologia nos faz engordar, afinal: a tecnologia foi feita para diminuir nosso esforço e facilitar uma série de tarefas do dia a dia. No entanto, ao contrário do que você pode pensar, não é só isso que faz um viciado em tecnologia engordar.

Cientistas acreditam que o esforço cognitivo que a tecnologia exige faz com que seu cérebro trabalhe de forma mais “primitiva” em outros momentos, fazendo escolhas por impulso, com instinto de sobrevivência ou apenas para tentar recuperar o conforto.

Um estudo realizado em 1999 (e que vem chamando a atenção da comunidade cientifica apenas agora) demonstra de qual forma e por qual motivo engordamos com o vício na tecnologia.

O professor Baba Shiv (que atualmente trabalha em Stanford), em conjunto com Alex Fedorikhin, fez experimentos com 165 estudantes, exigindo que metade da turma memorizasse uma sequência de sete números, enquanto a outra metade deveria lembrar-se de apenas dois dígitos.

Depois da tarefa de memorização, foi oferecido um lanche aos participantes e eles tinham de optar entre uma tigela de frutas ou um bolo de chocolate. O resultado foi surpreendente: quem memorizou sete números era 50% mais propenso a escolher o bolo e não as frutas.

(Imagem: Shutterstock)

(Imagem: Shutterstock)

A explicação não parece ser muito lógica, mas, segundo os pesquisadores, o que acontece é muito mais comum do que você pode imaginar: fazer o cérebro trabalhar de alguma forma enfraqueceu a capacidade mental dos participantes, fazendo com que a mente deixasse de ser eficaz em outro momento, para outras escolhas.

Ou seja, para os pesquisadores, sua cabeça funciona como um tanque de combustível: quanto mais você forçar sua mente para determinadas tarefas, menos atenção vai sobrar para outras, fazendo com que o trabalho em todo o resto seja ineficiente.

Mas não é só a eficiência que acaba sendo afetada. A vontade própria também diminui e seu corpo começa a trabalhar mais com o instinto e, por isso, pede pela comida que sabe que é mais gostosa ou força você a descansar e ficar jogado na cama, por exemplo, ou em frente ao vídeo game enquanto você deveria estar fazendo exercícios.

Escolhas simples desgastam a mente

Outro estudo feito com cães mostrou resultados ainda mais interessantes: alguns animais foram orientados a permanecer parados por 10 minutos antes de resolverem um “puzzle” canino – um brinquedo em que eles deveriam encontrar uma solução, enquanto outros foram presos em uma gaiola durante o mesmo tempo.

Os animais que estavam soltos e precisaram trabalhar com o autocontrole para ficar sentados desistiram de resolver o puzzle em menos de um minuto, enquanto o segundo grupo, que só precisou esperar dentro da gaiola, trabalhou por mais de dois minutos até conseguir resolver o desafio.

(Imagem: Shutterstock)

(Imagem: Shutterstock)

Isso demonstra que todo o esforço cognitivo gasto com alguma decisões faz com que outras deixem de ter o “combustível” necessário. E, assim como nos cachorros, isso faz com que os humanos escolham refeições mais calóricas, buscando a recompensa mais rápida para o corpo, sem raciocinar o que seria mais adequado para aquele momento.

Para Kyle Wagner, do Gizmodo, essa pode ser uma explicação do motivo que faz com que inteligentes e atarefados CEOs escolham usar todos os dias as mesmas roupas (você se lembra das piadas sobre o guarda-roupa de Steve Jobs? Então…). Mesmo as escolhas mais básicas do dia a dia exigem uma “energia” cognitiva que vai fazer falta depois.

A tecnologia e a falta de controle

Quanto menos intuitivo é um software ou aplicativo que usamos, mais esforço ele exige para ser utilizado. E isso pode fazer você engordar. Quanto mais vezes você precisa fazer escolhas e tomar decisões, mais a sua mente vai pedir por recompensas rápidas, sem que você ainda tenha energia para raciocinar que um prato de salada é mais saudável do que aquele sanduíche gigantesco.

Os pesquisadores começaram a ampliar este cenário para todo o arsenal tecnológico com os quais contamos hoje. Quanto mais você precisa pensar para interagir em uma publicação, menos habilidades cognitivas sobram para que você faça as escolhas “certas” na hora da refeição, e isso tem feito muita gente ganhar quilos a mais.

(Imagem: Shutterstock)

(Imagem: Shutterstock)

O mesmo acontece com a interação com o celular e a necessidade de estar sempre atento para responder mensagens ou reagir a cada notificação recebida. Para manter-se engajado na rede, você drena uma série de recursos cognitivos que poderiam ser aproveitados de uma forma melhor.

A solução

Teoricamente, a mudança de hábitos poderia ser a chave para fazer sua mente render melhor ao longo do dia, além de poder até fazer com que você deixe de ganhar peso. Desinstalar o aplicativo que mais gera notificações (ou desativá-las) e deixar de lado sistemas muito complexos quando você percebe que está em estado de estafa são dois exemplos.

Embora nenhum estudo ainda seja conclusivo sobre as formas de influência da tecnologia sobre o nosso corpo, é possível tentar adaptar tarefas do dia a dia (não só as tecnológicas) para não desperdiçar o esforço cognitivo com elementos não tão cruciais assim.

 

Nenhum comentário
Depois de frustrarem um casamento, os usuários da Apple e da Samsung caricaturizados pela Microsoft agora partem para uma peça infantil — acotovelando-se para compensar a falta de um bom zoom. Microsoft pisa nos calcanhares da concorrência em vídeo do Lumia 1020 Por Vinicius N. Roosdale

Poucos refrões populares devem ser mais verdadeiros do que o conhecido “Propaganda é a alma do negócio”. A Microsoft já sabia disso enquanto divulgava o Lumia 920, quando aproveitou para “cutucar” a rivalidade típica entre usuários da Apple e da Samsung — os quais acabaram por frustrar um casamento na ocasião.

Bem, o mesmo povo está de volta, devidamente caricaturizado para ajudar a promover o Lumia 1020. Dessa vez, o ponto abordado pela companhia foi o zoom do novo aparelho. Em uma peça escolar infantil, o tumulto começa por conta dos usuários de aparelhos da concorrência que, por conta de zooms menos adequados, são obrigados a se aproximar comicamente do palco a fim de registrar algo.

(Fonte da imagem: Reprodução/YouTube (windowsphone))

(Fonte da imagem: Reprodução/YouTube (windowsphone))

Não demora muito para que alguém tape a visão de alguém, e pronto, instala-se o alvoroço. Naturalmente, ao final, o mesmo casal simpático e bem alinhado, postado no fundo do teatro, aparece tranquilamente batendo fotos com seus novos 1020, devidamente equipados com zooms ópticos/digitais sem grandes perdas.

Enfim, agora é esperar pelo próximo lançamento da Nokia… E pelo próximo episódio do pastelão “Apple vs. Samsung” serializado pela Microsoft. O Lumia 1020 foi lançado no dia 26 de julho por US$ 299.

ViniciusN

Nenhum comentário
Deputado pediu que seus seguidores denunciassem produção que cita a imagem de Jesus Cristo. Marco Feliciano ataca vídeo do grupo Porta dos Fundos Por Vinicius N. Roosdale
(Fonte da imagem: Reprodução/Twitter de Marco Feliciano)

(Fonte da imagem: Reprodução/Twitter de Marco Feliciano)

Na última segunda-feira (19), o deputado federal e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) usou sua conta no Twitter para criticar um vídeo publicado no YouTube pelo grupo Porta dos Fundos. Na produção, batizada como “Oh, meu Deus!”, profissionais de uma clínica de ginecologia têm que lidar com uma paciente que aparece com uma imagem igual à de Jesus Cristo em um lugar “inusitado”.

“Assim caminha a humanidade… Vídeo podre! Ajudem a denunciar para retirá-lo do ar”, afirmou Feliciano em seu perfil. Até o momento, o vídeo já conta com 1,4 milhão de exibições e não há indícios de que ele vá ser retirado do serviço da Google. No entanto, sua área de comentários se transformou em um verdadeiro campo de batalha entre aqueles que apoiam ou criticam o deputado.

Os membros do Porta dos Fundos ironizaram a declaração do político, chegando a comemorar o fato de ele não ter gostado da produção. “O @marcofeliciano reclamando de um vídeo nosso é uma alegria sem fim”, afirmou o humorista Gregório Duvivier.

ViniciusN

Nenhum comentário
Aplicativo monitora SMS, chamadas e localização de smartphone Android. Uso sem consentimento fere leis de privacidade e 'lei Carolina Dieckman'. Segundo advogado, app ‘Rastreador de Namorado’ é ilegal Por Vinicius N. Roosdale
Site do aplicativo 'Rastreador de Namorado' que permite acompanhar atividade de smartphone com Android. (Foto: Reprodução)

Site do aplicativo ‘Rastreador de Namorado’ que permite acompanhar atividade de smartphone com Android. (Foto: Reprodução)

E aí vem mais um aplicativo para garotas e mulheres loucas, ciumentas e possessivas, bem, para homens e garotos loucos, ciumentos e possessivos também.

O aplicativo “Rastreador de namorado”, vem chamando a atenção de curiosos e ciumentos ao permitir que ligações, mensagens de texto e a localização de smartphones com o sistema Android sejam acompanhadas em detalhes, por outro celular.

rastreadortela

Ao enviar mensagens de texto com sequências de números ao aparelho rastreado, o aplicativo reconhece os comandos e responde às mensagens com informações como detalhes de torpedos enviados pelo smartphone, incluindo o número de destino e o conteúdo da mensagem, a localização do aparelho – se o GPS estiver ativado – e se o smartphone está ligado ou em “Modo Avião”.

Outro comando por SMS faz com que o aparelho realize uma chamada de voz para o número cadastrado e permite que o som do ambiente seja ouvido.

Invasão de privacidade
Para o advogado especialista em direito digital, Victor Haikal, sócio do escritório Patrícia Peck Pinheiro Advogados, o fato de o aplicativo existir não é ilegal. “Da mesma forma que isso pode ser entendido como invasão de privacidade pelo namorado, se esse aplicativo estiver instalado por um funcionário de uma transportadora não poderia ser considerado crime”, afirma o especialista em direito digital. No entanto, segundo ele, o uso do app sem consentimento de quem está sendo rastreado fere leis de privacidade, incluindo a lei 12.737 de 2012, a chamada de “Lei Carolina Dieckman”, que entrou em vigor em abril.

“Se o namorado não consente a instalação do aplicativo, principalmente se a conversa telefônica for escutada e se o conteúdo da mensagem de texto for lido, isso pode ser enquadrado no crime de interceptação telefônica previsto na Lei 9296/1996”, diz Haikal. A infração, segundo ele, é passível de pena de reclusão de dois a quatros e multa.

appnatela

Já o registro de duração e horário de chamadas telefônicas, de envio de mensagens de SMS é  uma violação de privacidade passível de indenização “sem dúvida alguma”, afirma.

Conforme explica Haikal, a “Lei Carolina Dieckman” pode enquadrar a pessoa que desbloqueou um aparelho protegido por senha, sem consentimento, para instalar o aplicativo e monitorar os dados. Neste caso, a infração fere o Artigo 154 A do Código Penal, que prevê pena de reclusão de seis meses a dois anos.

Embora não seja ilegal, o aplicativo corre o risco de ser banido, segundo o advogado, “se o Ministério Público federal determinar que houve intenção de promover um crime.”

‘Modo escondido’
Criado pelos programadores Danilo Neves Cruz, de São Paulo, e Matheus Grijó, de Santos, no litoral paulista, o ‘Rastreador de Namorado’ atendeu a pedidos. “Algumas amigas dele [Grijó] pediram para usar o aplicativo para rastrear o namorado. Inicialmente ele desenvolveu uma primeira versão e me chamou para incluirmos novas funcionalidades e melhorarmos. Trabalhamos mais ou menos um mês nisso e lançamos essa nova versão há mais ou menos uma semana”, conta Cruz ao site G1.

“É importante ressaltar que a gente recomenda que o aplicativo seja instalado com o consentimento do namorado ou namorada. A gente somente fornece uma ferramenta. Cada um usa como quiser”, observa o programador quando questionado sobre o aspecto legal do aplicativo.

A primeira versão, lançada em junho, foi bloqueada há cerca de duas semanas, quando alcançou 100 mil downloads, “porque tinha um modo escondido e infringia as regras de privacidade do Google Play”, diz o programador. “Hoje, se a pessoa entra em contato por e-mail nós oferecemos o modo escondido ao custo de R$ 5 ao mês”, afirma.

Inicialmente, o smartphone rastreado também recebe mensagens sobre suas atividades, mas o app permite que essas notificações sejam desabilitadas e que somente o rastreador receba as informações. “Mesmo desabilitando as notificações o aparelho pode vibrar, mas responsabilidade é de quem fez isso”, observa Cruz.

Até ontem, segundo Cruz, a nova versão do aplicativo havia registrado 10 mil downloads. Segundo ele, o perfil de usuários está equilibrado entre homens e mulheres. “A gente direcionou o app para o público feminino, mas ele também serve para casais [ambos podem instalar o app], ou se um pai quiser usar para rastrear um filho, por exemplo”, diz o programador.

Cruz afirma que o ‘Rastreador de Namorado’ não poderá ser instalado em dispositivos em iPhones, mas que estuda com Grijó a viabilidade de criar uma versão para Windows Phone, futuramente. “No iOS é impossível fazer o aplicativo porque no iPhone é impossível um aplicativo ler um SMS que chegou, o fazer certas ações quando não está em primeiro plano”, explica.

 ViniciusN

 

Nenhum comentário
Evento especial foi confirmado por fontes ao blog AllThingsD. Lançamento do iPhone 5 ocorreu em 12 de setembro do ano passado. Apple deve revelar novo iPhone no dia 10 de setembro, diz site Por Vinicius N. Roosdale

A Apple deverá apresentar o seu smartphone iPhone redesenhado em setembro, de acordo com o blog de tecnologia AllThingsD.

O blog cita fontes anônimas que afirmaram que a Apple vai lançar seu próximo smartphone em um evento especial no dia 10 de setembro.
A empresa não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

iPhone 5 foi lançado em 12 de setembro de 2012 com tela de 4 polegadas (Foto: Laura Brentano)

iPhone 5 foi lançado em 12 de setembro de 2012 com tela de 4 polegadas (Foto: Laura Brentano)

O modelo atual mais recente, o iPhone 5, foi apresentado pela empresa em 12 de setembro no ano passado.

Rumores apontam que a Apple também lançará um modelo mais barato, com revestimento de plástico, batizado de iPhone 5C. O novo iPhone com processador e configuração melhores seria chamado de iPhone 5S.

Os lançamentos do iPhone da Apple estão entre os eventos mais assistidos do calendário da indústria de tecnologia.

A Reuters informou em junho que a empresa estuda lançar iPhones com telas maiores ao longo do próximo ano, assim como modelos mais baratos em uma gama de cores, segundo várias fontes com conhecimento do assunto.

O novo iPhone deve chegar às lojas em tempo para a crucial temporada de festas de fim de ano.

ViniciusN

Nenhum comentário
Será que os dados são apenas exterminados do HD u eles ainda podem ser acessados depois disso? Curiosidade: O que acontece quando você deleta um arquivo? [vídeo] Por Vinicius N. Roosdale

Sabe aquela foto constrangedora que você tirou na última festa a que foi? Além do seu smartphone, ela também está no seu HD, pois você realizou a transferência para guardar tudo o que aconteceu no evento. “Ela é constrangedora demais para continuar nesse mundo”, você pensa, segundos antes de efetuar a exclusão do arquivo. Mas isso ainda não é tudo.

Quando você envia um arquivo para a lixeira, você somente transferiu o arquivo para um novo local — é como se o Windows estivesse dando a oportunidade de você resgatar seus dados em um futuro próximo. Mas aquele arquivo já mencionado precisa ser eliminado de uma vez por todas. Você esvazia a lixeira do computador e pensa que está tudo bem. Mas isso ainda não é tudo.

A ilusão de um arquivo deletado
O seu disco rígido é composto por estruturas magnéticas que podem ser ativadas ou desativadas. São minúsculas moléculas, que vão representar a parte lógica do funcionamento dos discos. Enquanto fisicamente nós temos as informações ativas ou inativas, logicamente chegaremos às informações “0” e “1”. Um arquivo vai ocupar, por padrão, o espaço “1” nos HDs.

(Imagem: iStock)

(Imagem: iStock)

Quando são deletados, esses setores do disco deveriam passar a ser representados pelo “0”, certo? Errado! O que acontece é um pouco diferente. Apesar de não enxergar mais as informações naquele local, o sistema apenas reconhecerá aquele espaço como espaço livre. Com isso, usuários podem armazenar novos dados naquele local, sendo que as informações serão sobrescritas.

Como mostramos no vídeo: o HD funciona como um grande muro de informações. Todos os arquivos são colados nesse muro, como se fossem cartazes. Ao apagar um arquivo do seu computador, você não está literalmente arrancando esses cartazes, mas dizendo que é permitido colar outros em cima deles.

Softwares de recuperação de arquivos apagados

Você já deve saber que existem aplicativos — como o Recuva — criados especialmente para a recuperação de arquivos que foram deletados por acidente nos computadores. Mas como é que esses softwares trabalham? Lendo além do que o sistema operacional permite aos usuários. Ou seja: eles conseguem observar o que há depois da superfície daquele muro citado anteriormente.

O software enxerga o que você também pode ver (os arquivos que estão no computador), mas além disso consegue acessar os dados que estão em camadas sobrescritas. Para isso, precisa analisar todos os dados dos computadores com bastante cautela. Voltando à analogia do muro, o software estaria vendo os cartazes que estão atrás dos principais.

Mas para que isso seja possível, os arquivos não podem estar sobrescritos muitas vezes. Quando isso acontece, fica mais difícil realizar a recuperação dos dados, que já estão em camadas de difícil acesso nos discos rígidos — e seriam lidos de um modo muito fragmentado, como um cartaz que foi deteriorado pelo tempo.

…..

Você entendeu como é o funcionamento das exclusões de arquivos no seu computador? Já sabia que os dados apagados eram apenas sobrescritos por novas informações?

ViniciusN

 

Nenhum comentário
Página 1 de 512345